Não há como negar, o corporativismo existe em vários níveis, em todas as profissões, o problema é que alguns exageram e outros existem negativamente.

Permitam-me explicar, antes de me criticarem. Esta semana uma manifetação de moradores de um bairro em Salvador, bloqueou uma rua, impedindo várias pessoas de usufruir de seu direito de ir e vir, não vou discutir esse assunto hoje, pois acho muito errada essa forma de protestar, mas vamos discutir os ocorridos.

De repente, no meio do protesto, surge um homem com uma arma não, liberando passagem para o carro do qual ele havia saído. Um absurdo, divulgado em vários jornais através de um vídeo filmado por algum manifestante. Um dia depois o sujeito passou a ter nome e profissão, era um policial militar que neste dia estava fora de escala (exatamente isso, fora de escala, começa ai minha explanação sobre corporativismos).

Primeiro ninguém está fora do trabalho, afinal ele é policial 24 horas por dia. Nesta manhã, no jornal da rede bahia, o Major PM responsável por treinamentos na academia de polícia militar da  BA, deu algumas explicações que coloco em tópicos, abaixo, para facilitar:

1- O policial deve ter pulado alguns itens do protocolo, pois antes de lançar mão da arma de fogo, primeiro ele teria que usar outras formas de abordagem, PORÉM, o vídeo não mostra se antes disso o policial tentou usar estas outras maneiras, então não pode ser crucificado agora, ’~ao necessárias averiguações dos fatos e do CONTEXTO;

2- Durante todo o período o policial se manteve calmo na condução da situação;

3- Durante todo o período o cano da arma foi mantido para baixo, nunca apontada para alguém;

4- Durante todo o período o dedo do policial ficou ao lado do gatilho, nunca dentro;

5- A situação será averiguada para que se tomem as devidas providências, e até lá, o policial está afastado das ruas em trabalho administrativo.

Uma reflexão simples destas declarações, me fez refletir no tema, e pensar em minha categoria, a odontologia, e é claro, quando falamos de maneira generalizada, sempre estamos sendo injusto com aqueles grupos que não se sujam com  o lodo dos demais.

Está claro que o responsável pelos treinamentos discorda do modo de ação do policial, mas antes de expô-lo aos lobos vorazes da crítica popular oportunista e irresponsável, exalta as ações corretas apesar dos erros, tentando apontar ações positivas, mesmo na situação principal negativa ocosionada de maneira preciptada. Mostra que este não é o momento de julgar, e sim de averiguar.

Muitas vezes, com nossos colegas, vemos exatamente o contrário, colegas são acusados, julgados, condenados, sentenciados e executados, em questão de minutos, mesmo quando o acusador é “fichado”, não falo por parte do conselho não, que as vezes é até lento demais, talvez pela demanda, talvez por um possível corporativismo, falo pelos colegas que se escondem em um anonimato tolo buscando abarcar mais uma mísera fatia de mercado, sem perceber que o fortalecimento da classe é o mais importante, que ao invés de buscarmos abocanhar uns pacientes, podemos conscientizar uma população inteira de que somos profissionais de saúde, importante na manutenção da vida.

O pior é pensar que alguns dos que estão à frente de entidades de classe que deveriam lutar pela dignidade da profissão, afogam-se na soberba de seus atos e títulos furtivos, deixando-se passar sua real função, cobrando dos colegas, que refletem os atos uns dos outros, de fazer o que eles deveriam estar fazendo. Mais doído ainda é pensar que talvez um deles fosse o responsável pelo vídeo delator, que seria enviado de maneira anônima para os tais lobos da impresa.

Corporativismo  Consciente, não é fechar os olhos para os erros dos pares, mas sim, buscar ser justo, protegendo, principalmente, aqueles que são injustuçados aos serem fritos na mesma frigideira suja existente no fogão de todas as classes profissionais. É buscar avaliar as situações dentro de um contexto, e se colocar no lugar do outro, não na comodidade do safá da sala, mas sim nas dificuldades vividas nos momentos prévios aos fatos.

Bom dia a todos!!!